Se o presidente do Chile, Sebastián Piñera, pretendia desmobilizar os manifestantes que tomam as ruas do país desde o fim da semana passada com o anúncio de um pacote de medidas sociais, o efeito foi justamente o contrário. Poucas horas depois de o mandatário ter prometido renda mínima a todos os trabalhadores, aumento das aposentadorias dos mais pobres e redu...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários