A congregação Legionários de Cristo, fundada em 1941 no México, afirmou no sábado (21) que 33 de seus sacerdotes cometeram abusos sexuais contra 175 crianças ou adolescentes. O fundador da comunhão, padre Marcial Maciel, foi responsável pelo abuso de pelo menos 60 menores de idade. Em comunicado, a congregação informou que, desse total de sacerdotes, 6 já f...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários