O candidato da oposição de centro-esquerda à Presidência da Argentina Alberto Fernández, que no domingo obteve uma esmagadora vitória sobre o atual presidente liberal Mauricio Macri nas eleições primárias do país, criticou na segunda-feira o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, a quem classificou de “racista, misógino e violento”. As declarações foram feitas horas ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários