Uma jovem de 22 anos morreu depois que seus pais supostamente realizaram um exorcismo para se livrar de um "demônio" dentro dela.

Jaqueline Sanchez de Belize, na América Central, morreu depois que ela sofreu uma parada cardiorrespiratória.

A imprensa local informou também que testemunhas disseram que o corpo de Jaqueline foi "levantado" no ar dentro da igreja enquanto ela falava com uma voz de homem. 

Seus pais acreditavam que ela tinha sido possuída por um demônio depois de uma série de doenças inexplicáveis apareceram nos meses antes de sua morte.

Jaqueline vinha sofrendo de convulsões e histeria que os médicos não conseguiam diagnosticar. Isto levou seus pais a acreditarem que ela tinha sido "possuída" por espíritos, após relatos de que ela tinha jogado com um tabuleiro de Ouija — utilizado para realizar a comunicação com espíritos.

Ela morreu depois de não conseguir respirar após o suposto exorcismo, que teve lugar na Igreja Pentecostal de San Ignacio de Velasco. A polícia investiga o caso.