A França se viu em meio a uma polêmica neste fim de semana após a veiculação de uma reportagem em uma emissora do país que denunciou jantares de luxo em Paris, realizados a despeito das restrições devido à pandemia de coronavírus. Com preços que variam de 160 euros a 490 euros (R$ 1.070 a R$ 3.280), os eventos clandestinos provocaram furor político, e a po...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários