Inicialmente, autoridades do Irã disseram que não entregariam à Boeing e a investigadores americanos as caixas-pretas da aeronave da Ukraine International Airlines (UIA) que caiu em Teerão na quarta-feira, 8. Normas internacionais, no entanto, preveem que as investigações devem ser acompanhadas pelo país fabricante da aeronave (EUA), o país de destino (Ucrânia) e países que...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários