A Igreja Católica francesa teve entre 2.900 e 3.200 pedófilos entre seus membros nas últimas sete décadas, afirmou neste domingo (3) o chefe de uma comissão independente que investiga os casos de abuso sexual praticados por cléricos e envolvendo menores ou adultos em situação de vulnerabilidade no país. As conclusões da comissão francesa estão previstas para serem ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários