Um terrorista ligado ao grupo do Estado Islâmico esfaqueou seis pessoas em um supermercado de Auckland, hoje, antes de ser morto pela polícia, disse a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern. Ardern relatou que o homem era um cidadão do Sri Lanka que chegou à Nova Zelândia em 2011 e tinha seu nome incluído em uma lista de terroristas. O homem entro...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários