O líder do Parlamento da Venezuela, Juan Guaidó, autoproclamado presidente interino do país, reapareceu ontem, 1º, em Caracas em uma manifestação e convocou uma greve progressiva na administração pública a partir de hoje.“Amanhã (hoje) começa a ‘Operação Liberdade Sindical’ rumo à greve geral. Vamos acompanhar a proposta de greve escalonada”, disse Guaidó diante de mil pessoas...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários