Protestantes convocados pelo líder da oposição Juan Guaidó, chefe do parlamento e reconhecido como presidente encarregado da Venezuela por aproximadamente cinquenta países, sofreram um ataque a tiros e pedras na cidade venezuelana de Barquisimeto, neste sábado (29), deixando pessoas feridas a bala. As informações são da agência de notícias AFP, que confirmou o episódio c...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários