Dezenas de manifestantes pró-democracia permanecem entrincheirados na Universidade Politécnica (PolyU) de Hong Kong nesta terça-feira, 17, apesar das ameaças de intervenção cada vez mais explícitas do governo da China. O bloqueio da PolyU, iniciado no domingo, é o confronto mais longo e violento com a polícia desde o início dos protestos, em junho, na ex-colônia ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários