O comandante das Forças Armadas dos Estados Unidos, general Mark Milley, pediu desculpas ontem por participar de caminhada, ao lado do presidente Donald Trump, da Casa Branca até a Praça Lafayette, onde o republicano tirou foto com a Bíblia em frente a uma igreja que tinha sido danificada por manifestantes nos atos antirracismo pela morte do ex-segurança George Floyd, a...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários