Um general venezuelano que foi próximo a Hugo Chávez se rebelou no fim de semana contra Nicolás Maduro e pediu às Forças Armadas que se levantem contra o presidente venezuelano, que tem contado com o apoio dos militares para se manter no poder, apesar do grave colapso econômico no país. Ramón Rangel, que se identificou como general de divisão da Força Aérea, diss...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários