Duas ministras peruanas apresentaram pedidos de renúncia ao cargo depois de se envolverem em escândalos relacionados à campanha de vacinação contra a Covid-19 no país. Na última sexta-feira (12), Pilar Mazzetti, que chefiava a pasta da Saúde, pediu demissão depois que um jornal de Lima publicou uma reportagem segundo a qual o ex-presidente Martín Vizcarra havia ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários