O chefe do Estado Maior do Exército dos EUA, general Mark Milley, cogitou a hipótese de tentar uma coordenação com o Talibã em eventuais operações antiterroristas contra o Estado Islâmico (EI) no Afeganistão. Apesar de ambos pregarem uma versão radical do islamismo sunita, os dois grupos são rivais, já que o EI acusa os talibãs de abandonarem a caus...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários