A turbulência social parecia ter diminuído, mas a morte de um torcedor do Colo-Colo, na terça-feira, 28, reacendeu os protestos no Chile. Ontem, outro manifestante morreu em um incêndio dentro de um supermercado que estava sendo saqueado em Santiago. Foi a terceira morte nos últimos quatro dias. As torcidas organizadas dos principais clubes chilenos têm entoados câ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários