O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta sexta-feira, 14, que tem o direito legal de intervir em casos de crimes federais. A declaração ocorre um dia após o ministro da Justiça, William Barr, ter reprovado o presidente pelos ataques contra procuradores do Departamento de Justiça e outros envolvidos no caso de Roger Stone, c...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários