Em meio aos protestos em todo o Líbano desencadeados por uma crise econômica, o primeiro-ministro Saad Hariri anunciou nesta terça-feira, 29, sua renúncia ao cargo. Ele pediu que os cidadãos do país mantenham a paz e disse que é responsabilidade de todos os partidos políticos garantir a proteção do país. "Cargos vêm e vão. A dignidade e a segurança do país são ma...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários