Enquanto autoridades de Israel trabalham nesta sexta-feira (30) para identificar as vítimas de um tumulto durante um festival religioso que reunia dezenas de milhares de judeus ultraortodoxos, as redes sociais tornaram-se uma enorme plataforma de informações sobre desaparecidos. Amigos e familiares têm compartilhado fotos de pessoas que estavam no evento Lag B’Omer...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários