O Egito decidiu não liberar o navio cargueiro Ever Given até que uma multa de US$ 1 bilhão (cerca de R$ 5,7 bilhões) seja paga como compensação pelos danos causados durante os seis dias em que a embarcação bloqueou o tráfego no Canal de Suez, uma das principais vias marítimas para escoamento de mercadorias e por onde passa 12% do comércio marítimo mundial. O navio e...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários