Poucos dias antes de expirar o prazo para a formação de um novo governo em Israel, partidos de direita, centro e esquerda chegaram a um acordo neste domingo (30) para formar uma coalizão e, desta forma, tirar o premiê Binyamin Netanyahu do poder. O mais longevo primeiro-ministro do país está no cargo há 12 anos e enfrenta acusações de corrupção, suborno e fraude...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários