A detenção do médico brasileiro Victor Sorrentino no Egito, no domingo (30), foi um episódio bastante excepcional no país. São poucos os casos, segundo ativistas de direitos humanos, em que as autoridades locais decidem investigar ocorrências de assédio - frequentes ali. "A detenção dele não está relacionada a uma campanha oficial para lutar contra o assédio e tamp...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários