O número de ataques cibernéticos de hackers do Irã contra o governo e empresas dos Estados Unidos aumentou recentemente, acompanhando a escalada das tensões entre os dois países, segundo fontes de empresas de segurança cibernética como CrowdStrike e FireEye. Elas alegam que, nas últimas semanas, hackers supostamente a serviço do governo iraniano tentaram atacar agências d...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários