Dois assessores de Rudy Giuliani, advogado pessoal do presidente Donald Trump, foram presos nesta quinta-feira, 10. Lev Parnas e Igor Fruman, foram indiciados por violar a lei eleitoral americana. Eles também financiaram esforços para a investigação de adversários políticos de Trump. Os dois, americanos de origem ucraniana, são testemunhas importantes do processo de imp...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários