Um dia depois da oficialização dos documentos de identidade argentinos com a opção de incorporar os não binários, o filho do presidente Alberto Fernández, Estanislao, afirmou que mudará seu DNI (RG local). "Não me considero homem, me considero uma pessoa não binária", disse o rapaz de 26 anos por meio de sua conta de Instagram. Além disso, pediu que não seja mais c...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários