O governo do Chile anunciou neste domingo (10) que pretende avançar "rumo a uma nova Constituição", uma das principais demandas dos manifestantes que tomam as ruas do país desde meados de outubro. Segundo o ministro do Interior Gonzalo Blumel, a ideia é convocar uma Assembleia Constituinte "que conte com ampla participação popular". A declaração foi da...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários