Agências reguladoras norte-americanas disseram à Johnson & Johnson que cerca de 60 milhões de doses da vacina contra o coronavírus produzida pela empresa em uma fábrica da Emergent BioSolutions não podem ser aplicadas por causa de uma possível contaminação. A informação foi divulgada pelo jornal The New York Times. Eis aqui a reportagem, para assinantes. A FDA (F...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários