As pinturas impressionistas de Renoir, as ilusões de ótica, os olhares furtivos dos apaixonados, um sonho dentro de um outro sonho. As canções do compositor goiano Elísio Miranda pairam em frequências atmosféricas que desenham formas e contornam imagens para os sons. “Faço música para ajudar as pessoas a sonharem”, destaca o cantor, que lançou no último mês Fol...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários