Crimes de Família deveria ter entrado em cartaz nos cinemas argentinos no final de maio, e só chegado à Netflix depois de alguns meses. A pandemia fez o filme queimar etapas e estrear diretamente no streaming. Pode ter sido bom: o terceiro longa com atores de Sebastián Schindel, um cineasta com vários documentários no currículo, tornou-se um sucesso planetário instantâneo...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários