Nesse contexto, não surpreende que, no fim do ano passado, a Globo tenha iniciado um processo de venda da Som Livre, uma das maiores gravadoras do Brasil. Criada em 1969 para produzir e pôr à venda as trilhas de novelas, o selo já lançou gigantes como Tim Maia, Cazuza, Djavan e Rita Lee.“Antes, as gravadoras eram absolutamente necessárias”, diz Marcelo Soares, o presidente d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários