Valter Hugo Mãe pedia há anos por um milagre que o deixasse ficar mais tempo em casa. Mas nem a imaginação deste escritor português nascido em Angola e que já ganhou os prêmios Saramago e Portugal Telecom – atual Oceanos – poderia prever que seu pedido fosse atendido por uma tragédia “tão grande e universal”. Pois que, obrigado a ficar em Portugal o ano todo de...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários