Para Lúcia e Marie Dorval, há algo que Goiânia, nem por um milagre, não pode oferecer. “Sinto muita falta do mar”, salienta Marie. “Eu também. O mar é lindo”, reforça sua mãe Lúcia. A casa da família no Haiti ficava em uma pequena ilha, chamada Île de La Gonâve, no oeste do país, não muito distante da capital Porto Príncipe. E o mar de lá não é qualquer mar. Trata-se...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários