Mal-estar repentino, internação às pressas, diagnóstico terrível – meningite meningocócica tipo C – e no dia seguinte a morte. Tudo foi tão rápido que o designer gaúcho Ronaldo Baker Kaipper nem teve condições de preparar a filha, Rafaela, na época com 5 anos, para receber a notícia da morte da mãe, Eliane, em setembro de 2014. A partida inesperada da mulher mudo...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários