Conduza conosco e ganhe dinheiro no seu horário, dizia o anúncio que chamou a atenção do administrador Piter Anderson de Sousa, 39 anos. Na época, ele estava desempregado e decidiu embarcar no desafio até se recolocar no mercado de trabalho – o que, 1 ano e 5 meses depois, ainda não aconteceu. Como motorista de aplicativo, consegue pagar as contas, mas, mesmo ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários