O ritmo é certo para o musicista Daniel Lima, de 21 anos, que estudou no Instituto de Artes Basileu França (Itego) e hoje integra a Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás. Durante os anos em que estudou violino em curso técnico do espaço, o maranhense residente em Goiás há mais de uma década teve a oportunidade de estar na Alemanha, na Venezuela e na China. “É algo impre...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários