A secretária especial da Cultura Regina Duarte falou sobre seus primeiros 60 dias à frente da pasta e sobre a reunião com o presidente Jair Bolsonaro que selou sua permanência no cargo, em entrevista à CNN Brasil, que terminou de maneira abrupta e tumultuada. Durante a entrevista, ela minimizou as torturas e mortes cometidas pelo Estado b...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários