Foi uma luta para não jogar a toalha, desde que a estatal Petrobras, em abril, anunciou a saída de cena como patrocinadora. Agora, José Maurício Machline anuncia enfim, depois de meses em silêncio para não abrir as negociações que poderiam salvar seu projeto, que não fará a edição do Prêmio da Música Brasileira em 2019.O produtor que fez do prêmio uma causa de 29 ediçõ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários