Morto em decorrência de um câncer nesta terça, aos 72 anos, Contardo Calligaris era psicanalista, escritor e dramaturgo e manteve uma coluna no jornal Folha de S.Paulo desde 1999. Segundo ele, os textos semanais publicados ao longo de mais de 20 anos tornaram a sua vida mais interessante. “A regularidade de ter de escrever, a cada semana, uma coluna te força a ter alguma ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários