É tudo uma questão de física. Quando a agulha da vitrola bate no disco, ondas sonoras são criadas e, por meio da ação, é possível ouvir aquela pérola gravada há 50 anos. O fetiche do arranhadinho pode até ser um dos motivos para o retorno do vinil nas prateleiras, mas é a experiência analógica o maior motivo de DJs contemporâneos promoverem o retorno dos bolachões. ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários