Desde que as fortes dores de cabeça começaram até o momento em que Maria Claret Coelho, 63 anos, foi diagnosticada com má oclusão nas arcadas dentárias se passaram dois anos. Mas para ela parece que foram dez. O incômodo acompanhava a professora do momento em que acordava até a hora em que ia dormir. “Durante os dias haviam picos de dor que me deixavam extrem...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários