Que nome massa!

Meu finado amigo Celso era vítima frequente do meu bullying literário. Um tema frequente desses atos, muitos aqui veiculados, era seu nome (que eu depreciava sem o menor sentido) e, enfim, o nome das coisas. Ninguém convive conosco mais do que as palavras. Nada mais natural, portanto,…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários