Carême nos ensinou muito sobre a importância do aspecto visual na gastronomia. Porém, mais antiga, a Bíblia nos relata que de mel silvestre e gafanhotos alimentava-se João Batista, durante suas peregrinações pelo deserto. Sem heresias: quem é que tem razão?

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários