Ir a Pirenópolis para beber cerveja artesanal é uma ideia que tem atraído mais pessoas a cada ano. A pequena cidade de 24 mil habitantes, conhecida por suas belezas naturais e pelo burburinho da Rua do Lazer, encontrou mais uma vocação turística e econômica e já pode ser chamada de capital goiana da cerveja. Dois momentos foram marcantes para consolidar essa imagem. Em ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários