Desde 2012 que os ofícios e os modos de fazer as bonecas carajás são tombados como patrimônio cultural brasileiro. Elementos desenvolvidos dos povos ancestrais de Goiás e Tocantins, as matérias-primas, técnicas e etapas de confecção, além dos mitos e histórias narradas pelos carajás expressam a rica relação entre seu povo e o rio, a fauna e a flora, as relações sociais e ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários