A série que relembra o caso Nisman

Em julho de 1994, um atentado a bomba ao prédio da Associação Mutual Israelita Argentina (AMIA), em Buenos Aires, matou 85 pessoas e feriu 300. Nenhum grupo terrorista reivindicou a autoria do ato. Mas havia indícios de envolvimento do Hezbollah. O…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários