Há muitos desafios para se manter o acervo e o legado bibliográfico de qualquer intelectual após sua morte. O primeiro deles é evitar que o acervo seja fragmentado e desfeito já no inventário. Em muitos casos, há disputa entre os herdeiros e o material é repartido e vendido totalmente fragmentado para sebos e instituições. “O ideal é que se mantivesse íntegro, tal qu...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários