Formado pela Universidade de Brasília (UnB) e especializado em Patrimônio Cultural, o arquiteto e urbanista Silvio Cavalcante trabalhou no Iphan entre 1985 e 2016. Nesse período, foi diretor do Departamento de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Dphan-Iphan), viu Brasília ser reconhecida pela Unesco como Patrimônio Mundial e fundou o Museu Vivo da Memória Candan...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários