No início do ano, a psicóloga Lays Rolin Epifânio, de 28 anos, tinha motivos de sobra para comemorar. Ela atingiu a marca de três semanas sem comer carne e seguia forte no projeto de tornar-se vegetariana. A sua estratégia foi substituir a proteína por legumes, folhas e produtos com sabores similares, como hambúrgueres veganos. No entanto, ela acabou sendo sabotad...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários