O operador de câmera Ivalino Raimundo da Silva, mais conhecido como Gaúcho, que trabalhou no Domingão do Faustão (Globo) por sete anos, morreu no dia 28 de dezembro, aos 81 anos, por complicações da Covid-19. Segundo a sua família, ele teve duas paradas cardíacas e não resistiu. Ele deixa mulher, quatro filhos, quatro netos e um bisneto. "Ele vinha sofrendo de...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários