Ryan Murphy é um produtor de novidades. Há sete anos, quando anunciou a série American Horror Story, houve quem torcesse o nariz para o formato, que apresentaria episódios de histórias independentes e de terror, gênero visto quase sempre como “menos valoroso”. Quase uma década após, além de ser um dos carros-chefes da rede americana Fox, a série conquistou le...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários